ELEVADORES TELESCÓPICOS PARA O EXÉRCITO, PROTEÇÃO CIVIL E SITUAÇÕES DE EMERGÊNCIA

É para nós motivo de orgulho poder dizer que os elevadores telescópicos Dieci são muitas vezes utilizados pela Proteção Civil, Forças Armadas, Bombeiros e Rescue Team de Fórmula 1.
Estas entidades escolhem os nossos veículos por diversos motivos: versatilidade, fiabilidade e possibilidade de personalização com equipamentos especiais.

Latest news

SETORES DE APLICAÇÃO DOS ELEVADORES TELESCÓPICOS PARA EMERGÊNCIA

Proteção civil

A Proteção Civil é uma instituição que, no mundo, assume formas e nomes diferentes: nos Estados Unidos é a Federal Emergency Management Agency, na Alemanha Bundesanstalt Technisches Hilfswerk, na França Sécurité Civile e assim sucessivamente… Todos estes organismos têm a função de se ocupar a nível nacional da previsão, prevenção, gestão e superação de catástrofes e calamidades, humanas ou naturais. Devem, assim, intervir em qualquer situação de emergência, não apenas ambiental como terramotos ou cheias, mas também de caráter sanitário como a recente pandemia Covid-19.

Muito embora a Proteção Civil tente prever estas situações, é absolutamente impossível antecipar a próxima calamidade que se terá de enfrentar.
Perceber, assim, que veículo será necessário é extremamente complicado; a única solução é munir-se de veículos versáteis que possam resolver diversas necessidades.

Em abril de 2016 um terramoto de 7,8 de magnitude devastou a província de Manabi no Equador.
Nestes casos, ainda antes da remoção dos destroços, a prioridade é o restabelecimento de serviços como a luz e a água. Os elevadores telescópicos Dieci revelaram-se ideais para circular nas estradas ainda impedidas com destroços e para chegar aos emaranhados de fios das ligações cortadas com o cesto de transporte de pessoas.

Após o trágico cedimento estrutural da Ponte Morandi em Génova, ocorrido a 14 de agosto de 2018, a proteção civil teve de demolir os edifícios situados sob a secção este.
A pinça hidráulica destinada à operação foi constantemente apoiada por um elevador telescópico com um canhão de água montado no braço; deste modo, a pulverização de água impedia que se difundissem, no ambiente, o amianto e as poeiras nocivas existentes entre os detritos.

481567_463351283712686_884551611_n

Bombeiros

Tal como a proteção civil, também os Bombeiros se deparam com as mais díspares situações de emergência.
Para a THW alemã, contar com os elevadores telescópicos Dieci entre os seus veículos revelou-se estratégico em muitas situações: da remoção de destroços com a pá fornecida, ao transporte em altura de pessoas ou bens no cesto.
Graças à tração integral e ao sistema de respiração autónoma instalado na cabina, com este telescópico pode-se atuar desde o interior da cortina de fumo e chamas para extinguir, na raiz, os focos de incêndio.
Durante as catástrofes causadas pelo mau tempo pode chegar-se, com o braço telescópico, a caminhos perigosos, coberturas arrancadas ou a animais arrastados pelas águas.
São também utilizados no socorro rodoviário para remover os veículos acidentados e desimpedir a via de resíduos e sucata.

Cruz vermelha italiana

A Cruz Vermelha Italiana encontra-se sempre no centro de poderosas operações de assistência que necessitam de uma logística organizada, rápida e de grandes proporções. Não é de surpreender então que, entre os seus veículos, se encontrem vários elevadores telescópicos Dieci preparados para todas as operações de movimentação de cargas.

481567_463351283712686_884551611_n (1)

qatar5

Exército

As forças armadas, para além dos veículos de assalto, devem necessariamente dispor de unidades preparadas para a logística. A implantação de uma força de intervenção requer, de facto, uma organização perfeita, capaz de movimentar em poucas horas um considerável conjunto de materiais: armamentos, combustível, alimentos, material sanitário ou eletrónico. Tudo o que é necessário aos militares para operar deve, num curtíssimo espaço de tempo, ser recolhido e transportado para os locais designados pela ordem certa de prioridades.
Por este motivo, a escolha de um elevador telescópico é ideal: é uma máquina pensada para uma utilização intensiva como a logística, em que é necessário operar com grande precisão e em tempos rigorosamente pré-determinados. Além disso, um telescópico Dieci consegue demonstrar versatilidade e capacidade de rápida adaptação aos imprevistos, tão frequentes no ambiente “militar”.

Outro ponto a favor, um elevador telescópico Dieci (tal como todos os veículos Dieci; ver, por exemplo, os veículos utilizados em pedreiras e minas *** link pillar MINING ) é adequado para ser utilizado em situações climáticas e ambientais extremas: não teme nem o deserto nem o frio polar

Fórmula 1 e moto gp

A Fórmula 1 e o Moto GP são a máxima manifestação desportiva de tecnologia votada à excelência. Neste contexto, a velocidade, a precisão e a atenção aos detalhes são fundamentais.
É por isso que sermos escolhidos para operar nestes mundos é uma garantia de excelência.

Os elevadores telescópicos Dieci prestam serviço nas equipas de socorro dos autódromos de Sochi (Grande Prémio da Rússia), de Hungaroing (Grande Prémio da Hungria) e da Catalunha (Grande Prémio de Espanha).
Estes veículos conseguem, em pouquíssimos segundos, engatar e remover as viaturas acidentadas enquanto os marshals limpam a pista dos perigosos fragmentos.
Toda a operação deve ser rapidíssima e realizada na perfeição. Além disso, pode acontecer que se tenha de operar perigosamente junto dos carros ainda em pista, os quais circulam em ziguezague para manter os pneus quentes.

Um elevador telescópico Dieci é o veículo oficial da equipa SUZUKI ECSTAR que corre no Moto GP.
Para além do descarregamento dos materiais necessários às corridas (motos, conjuntos de pneus, combustível, óleo, etc.), o elevador é utilizado para a montagem do Paddock: uma estrutura contida em dois reboques e três contentores, que é composta por: oficina móvel, telemetria, sala de reuniões, salas dos pilotos e espaço de relax com varanda no segundo andar.
Graças ao telescópico Dieci e aos técnicos qualificados Suzuki, tudo isto é montado em apenas 5 horas.

A Fórmula 1 e o MotoGP representam a máxima categoria nas competições automobilísticas e motociclísticas; sem falsa modéstia podemos, assim, dizer que as máquinas Dieci representam a máxima categoria no que toca aos elevadores telescópicos!

Equipamentos especiais

Proteção Civil, Exército, Bombeiros e outros corpos especiais são unidades que se deparam com eventos extraordinários e que operam em situações extremas; isto requer muitas vezes equipamentos especiais e soluções personalizadas para exigências específicas.

Tomemos o exemplo dos 39 elevadores telescópicos Icarus 40.14 fornecidos pela Dieci srl à Bundesanstalt Technisches Hilfswerk alemã (Agência Federal de Socorro Técnico ou THW).
Sendo máquinas destinadas a operar em qualquer condição de emergência, o THW exigiu um equipamento específico.
Foi preparado um protótipo graças à colaboração entre o departamento de Investigação e Desenvolvimento Dieci, a Dieci Deutschland de Giessen e o concessionário Tiedemann Werksvertretungen.
O Icarus 40.14 assim modificado é um veículo excecional, pronto para enfrentar calamidades e situações imprevistas.

Os equipamentos de cabina incluem:

  • sistema de filtragem do ar contra a entrada de substâncias nocivas
  • caixa porta-ferramentas
  • banco pneumático aquecido
  • câmara de vídeo traseira de infravermelhos com monitor de 7”
  • bomba de ar
  • retrovisores aquecidos
  • luz avisadora de alinhamento das rodas
  • ecrã de proteção de para-brisas
  • limpa para-brisas do lado direito
  • recetor/transmissor digital com altifalante e antena
  • sistema Webasto para aquecimento do ar
  • extintor de 6kg certificado TUV

Além disso, o veículo está equipado com:

  • aquecedores e tomada elétrica para o arranque do motor, para operar mesmo em climas polares
  • três tomadas hidráulicas adicionais que fornecem tomadas de potência para eventuais acessórios suplementares
  • gancho de reboque de 15 toneladas
  • diversos faróis LED adicionais tanto na cabina como na cabeça do braço, para poder operar em condições de baixa visibilidade
  • luz rotativa com sirene típica dos meios de socorro
  • cesto de transporte de pessoas de 800 kg

Além da forte personalização deste modelo, os elevadores Dieci dispõem de uma vasta gama de acessórios que os tornam máquinas extremamente versáteis e super funcionais.

Em caso de neve, por exemplo, a lâmina autonivelante para remoção de neve transforma um elevador telescópico num limpa-neves manejável, que pode chegar até mesmo aos telhados.

Em situações de colocação em segurança de grandes árvores pode ser utilizada uma pinça/serra hidráulica rotativa.
Esta pinça Kinshofer KM 634-0.35-3Z montada num telescópico rotativo com uma altura de elevação de quase 30 metros (como o Pegasus 45.30) permite o corte das copas e dos ramos mais altos, troncos que podem pesar até 2000 kg.
Gere, sobretudo, esta operação em total segurança, mesmo nas imediações de edifícios.
Graças ao braço telescópico, o ramo é simultaneamente segurado e cortado, sendo depois suavemente depositado no solo.

Compare os modelos da gama Dieci